Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

sexta-feira, março 02, 2007

1029. Aí vem Paulo Portas versão 7.0 ...

Metamorphosis of Narcissus, Salvador Dali

... e daqui a nada reaparece outro salvador da pátria, Santana Lopes versão 31.0

Etiquetas: , ,

3 Comments:

  • At 3:54 da tarde, Blogger Nuno Guronsan said…

    E quem nos salva destes pseudo-salvadores? O nevoeiro não podia ter ficado com estes sebastiões de trazer por casa?

    Enfim...

    Abraço, Ricardo.

     
  • At 7:23 da tarde, Blogger O Profano said…

    Meu Amigo, onde anda um, aparece logo o outro. São como o Roque e a amiga.Juntinhos é que andam bem!
    Abraços Profanos!

     
  • At 1:21 da tarde, Blogger Pedro Morgado said…

    O Portas voltou. Mas não estava nevoeiro. Bom prenúncio.

     

Enviar um comentário

<< Home