Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

sexta-feira, dezembro 03, 2004

(253) Eu Exijo!

Em vez de estarmos sempre a discutir as "politiquices" que só nos levam às soluções do "mal menor" temos é que começar a ser exigentes com os nossos políticos! Parece que discutimos sempre o acessório e esquecemo-nos do essencial, que o político tem a obrigação de ser reformador e competente. Que tal inverter toda a discussão e voltar à essência da Democracia Representativa. À exigência que os nossos representantes utilizem o nosso dinheiro com critérios de excelência! Dou um exemplo do que devemos exigir.

Eu exijo, como cidadão, aos meus representantes que tenham políticas económicas coerentes. Para quê baixar o IRS se o incremento de consumo vai quase todo para o exterior agravando a nossa Balança Comercial dada a nossa baixa produtividade? E se a produtividade é essencial para quê baixar a taxa do IRC sem critério? De que vale as "boas" e as "más" empresas pagarem menos IRC? Eu exijo que haja critérios! Que as empresas que reinvistam, que qualifiquem a sua Mão de Obra, que empreguem, que exportem, que inovem, que colaborem com as Universidades, que invistam na Cultura, que aproveitem os Fundos Europeus, que arrisquem em novas tecnologias paguem menos IRC. É um incentivo à produtividade a todas as empresas. Sem burocracia excessiva, como gostamos muito de fazer. Esta medida tem menos impacto nas receitas fiscais porque gera riqueza futura. A isto chama-se fiscalidade selectiva onde é útil o Estado arrecadar menos impostos porque gera-se riqueza!

Em suma, é preciso premiar o mérito. Eu exijo do Estado competência e eficiência ao gastar o nosso dinheiro. Tenho este direito, todos nós temos...

3 Comments:

  • At 11:06 da tarde, Blogger polittikus said…

    Uma reclamação merecida... mas em Portugal a Política não é feita por politicos de convicção é feita por politiqueiros profissionais que apenas se querem servir do Estado em lugar de servir o Estado.

     
  • At 1:09 da manhã, Blogger Ricardo said…

    Polittikus... e nós contribuimos para isso quando não somos exigentes com os nossos representantes e só discutimos "politiquices"...

     
  • At 12:57 da tarde, Blogger rafapaim said…

    Onde assino a petição?!?! Subscrevo... mas entendo o comentário do polittikus, enquanto a política for o refúgio para uns quantos e não uma escolha é o que via dando! Independentemente de quem esta no poleiro é importa cobrar as responsabilidades... Exigo mais e melhor!

     

Enviar um comentário

<< Home