Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

terça-feira, dezembro 07, 2004

(257) Mário Soares faz 80 anos! Parabéns!



Tenho um respeito imenso pelo passado de Mário Soares. Pelo seu contibuto à Democracia e à definição ideológica do PS. É um homem de convicções que, apesar de necessitarem da devida actualização, ainda são úteis. Confesso que a sua clareza de opiniões e ideias encontra-se degradada pela idade e pelo afastamento dos locais de decisão mundiais. Mas admiro o seu desprendimento actual sem nunca deixar de querer intervir. Mesmo nesta idade é um inconformado! Sempre a ouvir e a aprender...

O seu passado interliga-se de tal forma com o nosso que é inegável o seu contributo ao Portugal Europeu, solidário e livre que existe hoje. Há muito a criticar porque ninguém está isento de erros mas quem erra por convicções tem o seu lugar garantido na história. A sua duração política é única em Portugal e o seu contributo estende-se pelo Portugal pré-Revolução, pelo pós-Revolução, pela entrada na União Europeia, pelo Portugal finalmente livre da constante turbulência social. Um caso único!

As principais críticas que lhe são apontadas são hoje questões consensuais. A descolonização era inevitável e Portugal, sejamos justos, já não tinha margem de manobra para fazer melhor. Os Governos de Soares foram os Governos possíveis, austeros e em constante fuga da Bancarrota! Hoje em dia a história faz-lhe justiça porque não há coerência maior que lutar por ideias e convicções. O seu contributo a Portugal ainda vai ser várias vezes reescrito, mas vai lá estar sempre uma marca muito pessoal.

Por isso compreendo a sua amargura pelo Portugal e pelo Mundo actual! Um homem habituado a lutar por designios nacionais vê o seu país invadido por políticos com navegação à vista, vê o mundo incompreensivelmente intolerante! Mas o mundo é assim, baseado na vontade dos homens em superarem-se! Uns conseguem, outros não! Mário Soares, sem dúvida, conseguiu! Parabéns!

Soares conseguiu, através duma coragem física e emocional tremenda, deixar um cheiro de modernidade neste país! Ser-se tacticista não é um defeito, só podemos transformar um país aliando uma enorme convicção com o controlo dos acontecimentos. Mas dele fica uma imagem de moderado, humanista, democrata, enfim, dum homem de convicções! Sim, Soares é fixe!

3 Comments:

Enviar um comentário

<< Home