Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

segunda-feira, setembro 27, 2004

(175) Pergunta do dia (2)

O terrorismo é uma táctica. O objectivo é a propagação do terror. Que chamar aos Governos que reagem a uma táctica retirando direitos, liberdades e garantias aos seus cidadãos através do medo? Sugiro uma de duas respostas: terroristas e/ou cúmplices!

1 Comments:

  • At 1:54 da manhã, Blogger O Raio said…

    O chamado "terrorismo" é obviamente uma táctica. Mas o seu objectivo não é propagar o terror, o objectivo é vencer o inimigo.
    Geralmente a táctica "terrorismo" é utilizada pelo beligerante mais fraco.
    Mas há numerosas excepções. Israel, por exemplo, utiliza tácticas de terrorismo sobre os palestineanos.
    No fim da Segunda Guerra Mundial os aliados utilizaram tácticas terroristas ao bombardearem indescriminadamente cidades alemãs. Ou a lançarem bombas atómicas sobre Hiroxima e Nagasaki.
    Em quase todas as guerras cada beligerante acusa o inimigo de ser terrorista. Podemos mesmo dar como definição: terrorismo é a forma do inimigo fazer a guerra.
    Quanto à tua pergunta, que devemos chamar aos governos que reagem a uma táctica retirando direitos, liberdades e garantias aos seus cidadãos através do medo? Discordo das tuas propostas, esses governos são simplesmente estúpidos e estão a perder a guerra.
    Quando uma das partes inicia aquilo a que se chama uma campanha de terror contra um governo instalado e este responde na mesma moeda podemos dizer que o governo perdeu, deixou-se arrastar para o combate no campo do adversário e, como todo o estratega (até de futebol) sabe, combater no campo do adversário é sempre mau.

     

Enviar um comentário

<< Home