Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

sexta-feira, maio 06, 2005

(403) A Despedida do Menino Guerreiro

Há uns dias tive o privilégio de ver e ouvir o nosso ex-Primeiro Ministro, Pedro Santana Lopes, em Discurso Directo (SIC Notícias). Com um ar descontraído e de peito aberto mostrou a sua obra em Lisboa e, mais uma vez, vestiu a pele da vítima duma enorme injustiça (com contornos de Golpe de Estado, segundo o próprio) perpetrada pela Comunicação Social, pelos colegas de partido, pelos amigos e sabe-se lá por quem mais.

No início do programa ainda pensei que estava a ver um mediador imobiliário a tentar vender 40 apartamentos inacabados. O "vendedor" estava a potenciar a qualidade da construção e a sublinhar a magnífica localização dos apartamentos. Depois ainda fiquei a pensar que era um apresentador dum concurso de televisão já que anunciou um sorteio para arrendar esta luxuosa obra feita sobre a sua alçada. E que a roda comece a girar...

O passeio pelas obras emblemáticas do autarca continuou. Um jardim inacabado, um túnel adiado por malfeitores, um parque de estacionamento em altura (quase só) para moradores e uma piscina num bairro. Ainda enalteceu o excelente ambiente que criou na noite do Chiado e mostrou ressentimento pela oposição só ter aprovado o Parque Mayer na liderança de Carmona Rodrigues. Com uma obra tão extensa como esta e com este balanço não duvido que Santana Lopes era mesmo imbatível...

Mas nem só do seu estóico trabalho à frente da Câmara falou o quase ex-autarca. Continua a achar que não teve culpa no desastre governativo que protagonizou. Falou das injustiças e traições... de Durão, de Ferreira Leite (que era tão impopular que fiquei com a ideia que Santana até a protegeu de potenciais milícias) , de Henrique Chaves (um inédito traidor já que o que ele fez a Santana este nunca tinha visto em lado nenhum), de Marques Mendes (que não tem poder para impedir Santana de ser Presidente mas que, pelo partido, este resolveu nem concorrer) e de Carmona Rodrigues (ele sim o verdadeiro desertor da Câmara já que passou mais tempo fora que o ex-Primeiro Ministro). Mas Santana explicou que o povo e as bases compreendem o que realmente se passou e que chamam por ele em Felgueiras e noutras autarquias onde só ele pode ganhar. Será autismo? Viverá este homem na 5ª Dimensão?

No fim falou do futuro que passa pelo sector privado. Desejo, sinceramente, a maior das sortes a Pedro Santana Lopes nesta sua nova aventura.

Nota final: Parabéns ao Sporting pela passagem (sofrida mas justa pela entrega dos seus jogadores) à final da Taça UEFA.

8 Comments:

  • At 10:39 da tarde, Blogger peciscas said…

    Já é bem conhecida a "lata" do menino!

     
  • At 7:46 da tarde, Blogger uivomania said…

    O Pedro, o nosso Pedro, já merece o estatuto de cromo de estimação! Vê-se à distância que não é dado a dramas e que gosta de "gozar a vida"... Poderia até, ser apelidado de "bom malandro", não fôra, os estragos provocados pela sua leviandade, que o levou a deitar-se na cama desfeita pelo Durão (esse, que saíu em ombros pela porta dos fundos.).
    ...Já agora, em relação ao teu recente "susto" e tendo em conta o que dizes no post em que te referes a isso, julgo que gostarias de ler: Amor, medicina e milagres, de Bernie Siegle!
    Saúde!

     
  • At 3:18 da tarde, Blogger O Raio said…

    Eu não alinho no coro anti-Santana que por aí vai e no qual tu, por exemplo, alinhas.
    Na minha opinião o Santana foi, de todos os primeiros ministros com que o PSD nos brindou, o menos mau.
    Claro que podemos dizer que não teve tempo para fazer os estragos que o Durão ou o Cavaco fizeram. Nunca saberemos como teria ficado o país se Santana lá estivesse estado dez anos como o Cavaco...
    Também vi o programa a que te referes e a tua apreciação do programa parece-me tendenciosa. Para já ele creio que mostrou pelo menos duas piscinas, uma na zona de S. Bento e outra não me lembro onde.
    Depois a história do túnel tem muito que contar. Se não lhe tivessem feito a guerra e armadilhado o processo o túnel já estaria concluido.
    Ainda quanto ao túnel lembro-me de ver o Sampaio na TV, quando era Presidente da Câmara, a criticar o Abecassis por só ter feito um arremendo de túnel nas Amoreiras e não o ter prolongado até ao Marquês.
    O processo do túnel foi o lançamento da campanha do candidato do bloco de esquerda à autarquia de Lisboa, Ricardo Sá Fernandes. O que mostra que, afinal, o BE é um partido como os outros...
    Quanto à atitude de Sampaio em correr com o Santana acho-a inadmissível.
    Sampaio corrigiu um erro, não ter convocado eleições quando o Durão foi para Bruxelas, com outro erro, dissolver a Assembleia sem que nada de novo tivesse acontecido.
    Cada vez mais me convenço de que a principal razão foi o Referendo à Constituição Europeia. Tudo indica que vai ser muito difícil, mesmo em Portugal, vencer este referendo e Santana não tinha nem a força animica nem a convicção nem a capacidade para montar a imensa máquina de propaganda que está a ser preparada, ao contrário do Sócrates.
    Por outro lado criticas excessivas a Santana só servem para favorecer Marques Mendes e eu, sibceramente, acho que não ganhamos nada com a troca, antes pelo contrário.

     
  • At 12:12 da manhã, Blogger BlueShell said…

    -...é isto....

    Jinho e carinho, BShell

     
  • At 3:21 da tarde, Anonymous C.Indico said…

    O Homem não aprende mesmo!, Na dita entrevista, hábilmente montada em colaboração com o jornalista, disse esta IMENSA patetice : "...trabalhar numa Istituição finaceira, pois um ex-1º Ministro tem muitos contactos na Europa, em África...".DIZ ISTO EM PUBLICO!!!!. Pensa que a Instituição já está a repensar a contratação de tão indiscreto Relações Publicas.

     
  • At 3:23 da tarde, Anonymous C.Indico said…

    Coreção dop comment: Em vez de "pensa", deve ler-se "penso".

     
  • At 5:59 da tarde, Blogger O Micróbio said…

    Também me fico pela nota final: PARABÉNS AO SPORTING!

     
  • At 12:07 da tarde, Blogger O Homem das Ilhas said…

    Eu também vi essa entrevista ...

    Foi o costume ....
    Uma palhaçada ....

    A obra do "Menino Guerreiro" em Lisboa, resume-se a algumas piscinas ....

    Piscinas essas que Santana acha fundamentais para a população lisboeta ...

    Só visto ...

     

Enviar um comentário

<< Home