Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

quarta-feira, abril 25, 2007

1109. 25 de Abril em ilustrações


Vieira da Silva



Manuel San Payo



Gonçalo Ruivo




Fonte: Centro de Documentação 25 Abril - Universidade de Coimbra

Nota: A escolha é pessoal uma vez que o espólio é gigantesco.

Etiquetas:

6 Comments:

  • At 2:43 da manhã, Blogger Rui Rebelo said…

    será que vivemos hoje em liberdade?

     
  • At 3:00 da manhã, Blogger Ricardo said…

    Rui,

    Em comparação ou de forma plena? Em comparação não tenho dúvidas e de forma plena claro que não já que não há sistemas perfeitos, este é apenas o menos imperfeito dos sistemas que o homem descobriu.

    Há muitas situações de injustiça, corrupção e de desigualdade de oportunidades mas, não te esqueças, com liberdade somos nós, todos nós, que temos responsabilidade de construir o futuro que queremos e, no fundo, que merecemos.

    Abraço,

     
  • At 3:51 da manhã, Anonymous rui said…

    caro Ricardo,
    de forma plena claro.
    eu estive no Irão num festival de teatro e esperimentei a censura. É completamente irrelevante mas isso fez-me perceber que é fácil ter a percepção da privação de liberdade num regime absolutista. No entanto, nas actuais "democracias musculadas", onde quem manda é um poder sem rosto, essa percepção é bem mais didicil.

    abraço

    rui rebelo

     
  • At 4:16 da manhã, Blogger Ricardo said…

    Rui,

    Concordo! Essa percepção existe e, como não tem rosto, é de difícil combate. Mas eu não menosprezo os meios cívicos que a Democracia oferece para o combate a esse fenómeno. E, muitas vezes, somos os primeiros a não assumir essa responsabilidade (não é só um direito, é essencialmente uma responsabilidade) de actuação cívica.

    Bom feriado,

     
  • At 9:32 da manhã, Blogger Blogtrotter said…

    Excelente artigo e óptimas escolhas para o ilustrar! Parabéns Ricardo! Bom feriado a todos!

     
  • At 2:14 da tarde, Blogger Pedro Morgado said…

    Feliz Dia da Liberdade.

    Quando será 26 de Abril?

     

Enviar um comentário

<< Home