Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

sábado, maio 26, 2007

1165. Cenas Memoráveis da Sétima Arte (25): O Alien a sair do peito de Kane







Considero o primeiro Alien (1979 - Ridley Scott) o melhor filme de terror alguma vez feito. É um filme com uma atmosfera bem conseguida e assustadora, com personagens com densidade e ambiguidade e com um argumento criativo e cerebral. Há uma cena que quero destacar e que, da primeira vez que vi, achei arrepiante. Kane (John Hurt), após estar em coma com um Alien na sua primeira fase de gestação colado à face, acorda sem sinal do Alien. Bem disposto reúne-se com os companheiros do cargueiro Nostromo e, com apetite, devora a comida como se comesse por dois. De repente engasga-se e numa espiral de dor contorce-se até que o peito explode e o seu corpo cede repentinamente. Segue-se um silêncio que mostra a consternação na face de todos e, de dentro do seu peito, sai o Alien que contempla o seu mundo novo como se de um bebé se tratasse.

Desafio todos os leitores deste blogue a contribuírem para esta rubrica (Cenas Memoráveis da Sétima Arte). Pode ser uma cena ou um pormenor, seja técnico ou de representação, do vosso filme favorito ou de um outro qualquer filme que, por alguma razão, emocional ou técnica, vos marcou. Basta uma pequena descrição da cena ou um pequeno apontamento que justifique a escolha, o nome do filme e, eventualmente, o vosso apelido e blogue. O mail é, como sempre, filhodo25deabril [at] gmail.com.

Etiquetas: ,

5 Comments:

  • At 9:04 da manhã, Blogger Papoila said…

    Dois Filmes: A Ponte do Rio Kawai - bem antigo do qual recordo a musica e a ponte a ser dinamitada.

    Missão - Vi no Cinema S. Jorge paraaí em (1985) - Ficou marcado pois comecei uma relação com alguém que já está num estágio mais avançado. Não presencia esta confusão terrena que vivemos.

    bjs

     
  • At 3:57 da tarde, Blogger Ricardo said…

    Papoila,

    Antes de mais os meus pêsames pela tua perda mas é reconfortante saber que as memórias perduram, e essa é a marca que todos deixamos.

    Quanto às sugestões são realmente muito boas. Se quiseres transformar as sugestões em pequenos textos terei todo o prazer em publicá-las nesta rubrica.

    Bjs,

     
  • At 3:37 da manhã, Blogger O Raio said…

    Algumas cenas de filmes que vi e recordo:

    A chegada dos prisioneiros ao campo de detenção na Ponte do Rio Kwai.
    A marcha, com aquela música, é um achado.

    http://youtube.com/watch?v=7DWlVNCiM8E

    Algumas cenas do South Pacific

    http://youtube.com/watch?v=Q0zRUxTEtY0

    Este filme inaugurou os 70mmm no antigo cinema Monumental, miseravelmente destruído para satisfazer a gula de um tal Abecassis, então presidente da Câmara de Lisboa. Nunca esqueci este filme.
    Durante muito tempo andei á procura do respectivo DVD que só encontrei nos Estados Unidos e que posso ver porque, prudentemente, tenho um leitor multiarea.

    A cena da Marselhesa no filme Casablanca.

    http://youtube.com/watch?v=RFcQo_duyJU

    Este filme estava proibido na longa noite salazarista, época em que, tal como agora, parecia que o Sol nunca iría nascer.
    Depois chegou um tal Marcelo Caetano que, para dar uma sensação de abertura autorizou alguns filmes. Um deles foi o casablanca de que eu nunca tinha ouvido falar. Fui vê-lo ao cinema Condes (actual Hard rock Cafe) e fiquei maravilhado. De todo o filme a cena que mais me marcou foi esta, a da marselhesa.

    A cena do globo no Grande ditador de Charles Chaplin:

    http://youtube.com/watch?v=IJOuoyoMhj8

    (este filme também foi autorizado na onda marcelista)

    Algumas cenas dos Tempos Modernos também de charles Chaplin:

    http://youtube.com/watch?v=VTgeNw1guBs

    E, last but not least, o que considero ser uma das cenas mais espectaculares do cinema, o ataque da cavalaria heliotransportada no apocalypse Now:

    http://youtube.com/watch?v=vHjWDCX1Bdw

    Esta cena é memorável, desde o toque de corneta à partida, até ao bombardeamento ao som da Cavalgada das Valquirias de Wagner! Nem Hitler se lembraria disto...
    Sem falar da que é uma das mais bem achadas frases de toda a Sétima arte, "I love the smell of napalm in the morning"...

    Quanto à cena que referes no Allien, foi uma das poucas cenas que vi no cinema e que me deu pesadelos...

     
  • At 12:46 da tarde, Blogger Ricardo said…

    Raio,

    Que colectânea de filmes. Só não conheço o South Pacific e alguns já não vejo há muito tempo. As cenas, por exemplo, do Apocalypse Now são algo do outro mundo, realmente inspiradas e monumentais. Robert Duvall é magnífico na cena da praia.

    Ainda tenho muito terreno para explorar em cenas memoráveis, inclusive em alguns dos meus filmes favoritos.

    Se quiseres e tiveres vontade de produzir um pequeno texto a descrever uma cena, terei todo o prazer em publicar.

    Abraço e bom Domingo,

     
  • At 6:36 da tarde, Blogger Papoila said…

    Raio. muito bom. Para além da parte cinematográfica ainda nos relembras um pouco da história do lapis azul em Portugal. Vou ouvir já a marcha... obrigada ...Bjs

     

Enviar um comentário

<< Home