Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

sábado, agosto 28, 2004

(147) Assuntos do Mar


Barco do Aborto Posted by Hello

O que é que Paulo Portas e o barco do aborto têm em comum? É um assunto do mar! Não imaginava um melhor perfil para lidar com a situação!

2 Comments:

  • At 12:33 da tarde, Blogger Hugo said…

    Por acaso está boa esta...

     
  • At 2:30 da manhã, Blogger O Raio said…

    A história do "barco do aborto" não me agrada lá muito.
    Sempre achei que temos de ser nós a resolvermos os nossos problemas e não alguém que não se sabe movido porque interesses nem pago porque interesses.
    Mas isto agora passa a ser mais curioso.
    Sempre fui de opinião de que o governo do Santana Lopes marcaria o fim de Paulo Portas e do PP.
    Esta história do barco apoia esta minha tese.
    PSL lavou as mãos do assunto e delegou a resolução do problema, se é que problema existe, no Paulo Portas.
    Este proibiu o barco de entrar em águas portuguesas. Não podia fazer outra coisa sem perder a face.
    À luz do Direito Internacional creio que o podia fazer mas, à luz do direito comunitário creio que não.
    E agora vai-se seguir uma grande confusão.
    É que o barco já esteve na Irlanda e na Polónia, países com legislação contra o aborto muito mais restritiva do que a nossa, mas mesmo assim o barco não foi impedido de atracar.
    Agora, não, Paulo Portas meteu-se num imbróglio cujas saídas possíveis são todas saídas que o prejudicam.

     

Enviar um comentário

<< Home