Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

quarta-feira, fevereiro 23, 2005

(337) Martin Scorsese (3 de 6)



“I can never do what they do because they’re of this modern world, I’m not.”

Depois de Taxi Driver há mais três colaborações consecutivas com Robert DeNiro em
New York, New York (1977) com Liza Minnelli, Raging Bull (1980) e The King of Comedy (1982). No filme Touro Enraivecido Robert DeNiro passa por transformações físicas impressionantes. Não é um dos meus filmes favoritos de Scorsese mas não deixa de ser um filme intenso e visualmente impressionante.





Se Scorsese já era um realizador polémico o seu projecto seguinte ainda ajudou mais a alimentar esse título. The Last Temptation of Christ (1988) teve que ser adiado diversas vezes porque era considerado demasiado polémico e financeiramente arriscado sendo, por isso, constantemente recusado. Scorsese não desistiu e passou por um período onde teve que angariar dinheiro para o seu projecto. Realizou Comedy After Hours e The Color of Money (1986). Este ultimo filme, com Paul Newman e Tom Cruise, é um filme menor na sua carreira mas foi o seu grande sucesso de bilheteira. Mesmo assim conseguiu retirar o melhor duma mistura de actores consagrados com actores em ascensão. Paul Newman volta a representar "Fast" Eddie Felson e apadrinha Tom Cruise num dos seus primeiros papeis “sérios”.

Finalmente em 1988 consegue realizar
The Last Temptation of Christ com Willem Defoe. A sua visão de Jesus Cristo é brilhante. Hoje em dia o filme não seria tão polémico e, por isso, considero que este filme abriu caminho para que hoje seja possível falar de religião com menos tabús. Eu considero este filme arte e não um filme histórico. Sem ser convencional também não considero um desrespeito à figura de Jesus Cristo.

Scorsese, nesta fase, continuava a gerir a sua carreira de forma coerente reservando para a década de 90 mais um conjunto de filmes inesquecíveis que começa com “Tudo Bons Rapazes”. Continua...

1 Comments:

  • At 2:49 da tarde, Blogger Armando S. Sousa said…

    Gostei muito do Touro Enraivecido, não tanto pelo filme mas pelo excepcional desempenho de Robert de Niro.Não esquecer que este filme foi adquirido pelo Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMa).
    Quanto À última tentação de Cristo, é um filme genial, que não têm nada a ver com os ataques moralistas da Igreja. William Dafoe, tem também aqui uma boa representação.

     

Enviar um comentário

<< Home