Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

segunda-feira, julho 04, 2005

482. Definição de Xenofobia, versão Alberto João Jardim



"Portugal já está sujeito à concorrência de países fora da Europa, os chineses estão a entrar por ai dentro, os indianos a entrar por ai dentro e os países de leste a fazer concorrência a Portugal... está-me a fazer sinal aí porque? Que estão chineses ai? É mesmo bom que eles vejam porque não os quero aqui"
Alberto João Jardim

Nota:
A TSF disponibiliza o registo audio.

8 Comments:

  • At 3:26 da tarde, Blogger Armando S. Sousa said…

    Olá Ricardo,
    Um país como o nosso que tem mais de cinco milhões de imigrantes não pode ter líderes a dizer tanto disparate.
    Estas palavras de Alberto João Jardim são de uma xenofobia e de uma total irresponsabilidade tão grande, que se deve averiguar se ele estava sóbrio.
    Um abraço

     
  • At 4:58 da tarde, Blogger Pedro F. Ferreira said…

    Engano teu. para o AJJ, isso não é xenofobia, é democracia. Abraço.

     
  • At 5:20 da tarde, Anonymous C. Indico said…

    Ricardo,
    -O AJJ tem um problema alimentar, sempre depois de almoço;
    -Há muitos AJJ por aí só que são mais pequeninos;
    -AJJ não tem uma gota de democrata, já foi constatado e reconstatado;
    -O Conselho de Estado não lhe retirou a imunidade quando o TC solicitou;
    -O PR nada diz;
    -O PGR (n sei qual a sua autoridade nesta matéria) se não tem,está calado!, devia ter.Se tem, pior;
    -É dirigente nacional do PSD;
    -Insulta tudo e todos;
    -A ICAR da Madeira é uma cumplice velhaca;
    -É toda esta canalhice/cobardia que detiora a Democracia dia a dia;
    -Qualquer cidadão está autorizado, a partir deste momento, a dar umas valentes pauladas a AJJ.E está a coberto da Constituição;
    -Este tipo de gente não foi parida, foi cagada.

     
  • At 6:26 da tarde, Blogger dinah said…

    O discurso do Alberto João Jardim não é nada de estranho neste país, é apenas mais visível. Para um país que é suposto não ser nada racista nem xenófobo é só perguntar por aí. Uma vergonha. Sermos um país de emigrantes não nos ensinou nada a tratar bem os que cá vêm parar.

    d.

     
  • At 6:48 da tarde, Blogger Platero said…

    Começa com os chineses e indianos e depois vai até onde?

    Já agora, a oposição manda-se exterilizar?

    Numa palavra, inimputável!

     
  • At 8:18 da tarde, Blogger O Raio said…

    Eu creio que isto funciona assim:
    Quando um jornalista está falho de notícias telefona para o AJJ e pede-lhe "Olha lá ó João podes arrear aí uma barraca qualquer para eu ter umas notícias"
    "Barraca? E o que é que pagas?"
    "O caixote de garrafas do costumes, daquelas que tu gostas"...

    E, a partir de aí é só esperar pela barraca... pode ser uma qualquer...

     
  • At 1:31 da manhã, Blogger Ricardo said…

    Caros amigos,

    Há duas notas que quero fazer:

    1. O que acho estranho é não haver intervenção, por parte das instituições portuguesas e por parte dos lesados, para que estes discursos caricatos tenham consequências ou políticas ou judiciais;

    2. Infelizmente é verdade que basta perguntar por aí para constatar que o racismo e a xenofobia atinge uma maior fatia da população portuguesa do que eu imaginava.

     
  • At 4:03 da tarde, Blogger Adryka said…

    Enquanto a maioria tiver voz, nada a reclamar. Se os Madeirenses estão satizfeitos quem somos nós para dizer mal. Não venham com a est´ria que ele manipula! Não se manipula um povo durante tantos anos. Não tenho nada a favor nem contra o Sr Alberto João, estou com os Madeirenses em maioria.

     

Enviar um comentário

<< Home