Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

quarta-feira, outubro 27, 2004

(214) Marcelo a fazer render o peixe

É impressionante a capacidade de Marcelo Rebelo de Sousa queimar em lume brando os seus adversários. Notável a forma como este assunto tem conseguido dominar as atenções dos portugueses faz já três semanas. Se eu fosse Santana já contratava o Professor para a novíssima Central de Comunicações do Governo, mais conhecida pela Central dos Méritos Governativos em nada fazer e tudo anunciar . O que até é uma boa notícia já que prefiro este executivo inactivo do que a fazer o que tem anunciado. Mas não quero desviar-me do assunto principal.

No caso Marcelo, a guerrilha política já tomou conta do debate em detrimento duma discussão séria do papel da Comunicação Social. Prefiro deixar assentar o pó para analisar mais friamente o que deve ser feito no futuro. Acabadas as notas preliminares, passo aos assuntos do dia (a organização mental do Professor que dá o nome a este caso é brilhante e nada como organizar este post segundo a sua eficaz estrutura). Quero destacar neste caso algumas conclusões óbvias:

1. A convivência actual entre o Estado e a Comunicação Social não é saudável. O Estado ao deter os meios que permitem a sobrevivência e o crescimento dos grupos de Comunicação Social faz com que nem tenha que fazer pressão directa sobre o Grupo para este moderar as críticas à sua actuação. Mas, mesmo assim, houve pressão directa;

2. Os mecanismos de controlo aos Governos necessitam de reflexão. O actual Regime Democrático não fiscaliza convenientemente os abusos de poder. O papel dos partidos é até nefasto para a Democracia com as suas democráticas disciplinas de voto e os seus fanatismos clubísticos. Em Maioria Relativa ninguém governa, em Maioria absoluta ninguém controla. Até as Comissões de Inquérito são tão ridículas que, nestes moldes, mais vale não ter esta aparência de fiscalização. Se Marcelo contou a Sampaio o que disse hoje na Alta Autoridade para a Comunicação Social mais uma vez não compreendo o silêncio deste último. Mas sobre Sampaio não quero fazer mais comentários porque posso perder o apetite;

Como nota final (o grande Professor continua a orientar os meus raciocínios) queria sublinhar que esta não é a melhor fase para decidir (apenas é para reflectir) sobre a concentração dos Media e as suas relações com o Estado. Até porque estes temas têm que interligar-se com outros como a crise da Democracia e dos partidos. O problema é estrutural e tende a agravar-se não sendo um problema novo. O problema atinge estas proporções sempre que há Governos incompetentes que tentam disfarçar as suas insuficiências com os mecanismos que têm disponíveis (leia-se já disponíveis antes de tomarem posse). Eu não quero ser um profeta da desgraça mas volto a sublinhar que se a Democracia não é refundada e consequentemente a Imprensa, nós queremos o nosso poder de volta, sem intermediários! E para que isto não aconteça é melhor que se dê atenção aos sinais!

9 Comments:

  • At 12:27 da manhã, Blogger Conchita said…

    A festa continua e Marcelo está-me a surpreender. Provavelmente será o futuro herói da facção social democrata que se opõe ao Santanismo. Admito que o homem tem coragem.

     
  • At 2:43 da manhã, Blogger O Raio said…

    Tenho de conceder que o Marcelo é brilhante.
    Esta peça é o expoente máximo de assassinato político que a democracia nos deu em 30 anos.
    Ao lado do Marcelo o Maquiavel era um mero aprendiz.
    Mas até concedo de que o Governo está relativamente inocente neste processo.
    O Governo foi somente inapto.
    O nó da questão deve estar na empresa que controla a TVI (creio que a Media Capital) e a RTL (Radio Televisão do Luxemburgo) que entrou (à má fila no capital da TVI).
    A ideia é que os planos para a TVI são de a tornar uma mera estação de entretenimento embrutecedor.
    Os resquicíos de ideias política e de independência não devem entrar nestes planos.
    Discutir política, na União Europeia é só para os grandes (e mesmo esses...) para os pequeninhos é comer, rir e calar...

     
  • At 10:17 da manhã, Blogger O Micróbio said…

    O Marcelo tem neste momento já tempo de antena e publicidade suficiente para avançar como um dos mais fortes candidatos ao que pretendia: presidência da república!

     
  • At 12:02 da tarde, Blogger Ricardo said…

    Conchita, Raio e Micróbio (que conjunto de apelidos interessante),

    Marcelo foi mesmo brilhante neste caso e tenho de concordar que desta vez o Governo só pode ser acusado do óbvio, de inabilidade pura para ser Governo. Até porque com tanta descoordenação no Governo pensar que desta vez o Primeiro tinha estado coordenado com um dos seus Ministros era peddrir demais...

     
  • At 1:34 da tarde, Blogger polittikus said…

    Os sinais são maus, muito maus são sinais visiveis de censura, repressão. Uma verdadeira República das Bananas...

     
  • At 3:19 da tarde, Blogger Ricardo said…

    Caro Polittikus,

    O facto de vivermos actualmente numa República das Bananas é mera coincidência. Os sinais são claros dum problema estrutural das Democracias em geral e da nossa em particular. Quanto estes governantes deixarem o poder (e o país ainda mais atrasado) o problema vai persistir ... a crise do semi presidencialismo, o papel clubístico dos partidos, os falsos mecanismos de controlo, a Imprensa moderada, entre outros.

     
  • At 9:31 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    O país adora falar de qualquer coisa. Chilrear, berrar, ladrar..., é com o Zé e a Maria.
    Adoram debater as suas razões, tal e qual o Professor, com a diferença que o homem põe uma cara séria, esmiuçalha as miudezas, já leu (?!) toneladas de livros, desde a "COZINHA TRADICIONAL DE NUKUALOFA" ao indispensável " PRÍNCIPE ", não do Duarte, mas do MAQUIAVEL, passando apaixonadamente, pelas Memórias do seu padrinho, o outro Professor, de seu nome MARCELO CAETANO, de quem herdou o jeito de conversar em família ( Quem sai aos seus, não degenera... ).
    O Professor, o Marcelo Rebelo de Sousa, tem todas as qualidades para ser respeitado: É Professor Universitário, Católico praticante, embora divorciado, um pequeno acidente de percurso, que não o impede de ser um verdadeiro BEATO, a caminho da canonização, com este grande impulso dado, por uma cavalgadura, a quem chamam de Ministro e que responde pelo nome de Gomes da Silva.
    Curiosamente Gomes da Silva, também é outra pessoa, que militou pela rosa. Também lhe chamavam Ministro e brindou o país, com um acto digno de coragem. RECORDAM-SE?
    Exactamente. Foi aquele que à frente das Câmaras de TV, comeu miolos de vaca, daquelas que se diziam que estavam loucas e ele afirmava e demonstrava, em tamanho festim, que não.
    Que grande merda ! Será que o rosa comeu os miolos do laranja, ou as vacas e os bois estavam realmente loucos e o laranja começa agora a manifestar a doença?! Teremos mais um embargo à vista?! Preocupante!!
    Preocupante é também as manobras nos bastidores do Teatro de São Bento, onde os actores, péssimos é verdade, denotam um nervosismo exacerbado e proporcionam tristes espectáculos.
    Será que não há ninguém que lhes deseje muita merda e que partam uma perna. Já agora as duas, para ver se as coisa saem melhor.
    Porque não intervêm o seu produtor, Sua Excelência o Dr. Jorge Sampaio, porque não os substitui, por outros, quaisquer que sejam, pois piores do que estes é IMPOSSÍVEL ?
    Pelos vistos, o arrependimento não mata, ou melhor, remorsos não os há, embora este Socialista Laico, adore organizar Procissões ao seu Palácio em Belém, onde recebeu o BEATO, acima referido, que com mais este “empurrão”, cada vez mais, caminha para a Santidade e reserva um lugar num qualquer altar.
    PORRA ! JÁ CHEGA!
    Este sanguessuga televisivo, não nos merece tanto alarido, nem tanta consideração, pois, além de sanguessuga, é um peixeiro, só que com voz meiga e bem timbrada, que nos momentos certos sabe ser gente e gere os seus silêncios como melhor lhe convém ( JUDAS TAMBÉM FOI SANTO, DEPOIS DE SE TER ENFORCADO ).
    O que me interessa e o que nos deverá interessar a todos, é as patéticas e inqualificáveis intenções de um DESGOVERNO, que 30 anos depois da conquista da LIBERDADE, tem laivos de Autoritarismo, e acha-se no Direito de Pressionar, Impor e Calar, quem lhes critique, ou mesmo não criticando, pensem de forma diferente.
    O direito destes senhores, o que se lhes exige, é que PENSEM e façam obra.
    Quanto ao canal de Televisão mais badalado do momento, que dizer? Sempre foi igual a si próprio, bastante isento, como é exemplo a principal apresentadora do Jornal Nacional, que dorme com o Director Geral da Estação e é co-responsável pela informação, que não se limitando a dar as lixeiras de notícias que produz, não se inibe de fazer os seus próprios comentários.
    TEMOS JORNALISTA !!! MAIS ISENÇÃO?!!! Não pensarão pelas bandas de Queluz, que “pela boca morre o peixe”. Bocas não lhes faltam!
    A DEMOCRACIA é isto mesmo. Temos que aceitar todas as opiniões, não se pode agradar a Gregos e Troianos, mas mesmo em DEMOCRACIA há limites e estes senhores, vezes sem conta, sem qualquer escrúpulos, ultrapassaram os seus deveres, escudados no DIREITO DE INFORMAR, que para eles, não é mais do que uma questão comercial.
    E assim vai o nosso BURGO, adormecido, feliz e contente, com tudo o que merece, isto é, o PRESIDENTE, GOVERNO, TELEVISÕES e CELEBRIDADES, dentro e fora das QUINTAS.
    FORÇA PESSOAL, ESTAMOS À BEIRA DO ABISMO, CABE-NOS DAR UM PASSO EM FRENTE…


    JÁ NÃO SEI QUEM SOU NEM TU TAMBÉM

     
  • At 11:57 da tarde, Blogger Ricardo said…

    Caro e excelentíssimo anónimo,

    Suas observações são sem dúvida pertinentes e demonstram um aguçado interesse pelos bastidores do poder (por mera curiosidade, cheira mesmo mal nos corredores do poder?). aguardo com natural ansiedade mais comentários deste meu acutilante (e devo dizer obsceno?) leitor.

    Fica bem

     
  • At 7:26 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    CARO E EXCELENTÍSSIMO RICARDO

    OBSCENO eu?!!!
    Estará sua excelência a ficar contaminado pela propaganda da CENTRAL DE COMUNICAÇÕES DO GOVERNO, SUB DIRECTORIA DA PROPAGANDA?!
    Se responde que sim, reserva-lhe um lugar nos confins do INFERNO.
    Se respondeu que não, tome cuidado que a fogueira já arde.
    Se não tem a certeza, decida-se, mude de Dicionário, pois os meus comentários, além de serem meus, não são nada obscenos, digamos que são o que são, sãos e frescos...

    JÁ NÃO SEI QUEM SOU E TU TAMBÉM NÃO

     

Enviar um comentário

<< Home