Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

quinta-feira, janeiro 12, 2006

704. O Poema Insone


Foto da autoria de Luis Leonardo

O Vítor (do sempre excelente blogue Estranho Estrangeiro) disse-me para estar atento a um blogue. Assim o fiz! E é mesmo fundamental recomendar um visionamento regular à poesia publicada pelo Duarte TemTem. Toca a ler O Poema Insone!

Prelúdio de um lamento...

Serei eu prelúdio de um lamento
Ou mero acólito da tristeza imensa?
Talvez melopeia do firmamento
Ou ramo de mágoas que se adensa,
Pois hoje vos trago o fingimento
(Ou perante vós a minha crença?)


Este lado negro que escolho a dedo
Ao negro pesar deste meu ensejo,
É vestígio de algo em tempos ledo,
Retalho etéreo e penoso beijo,
Pois hoje vos trago o meu segredo
(Ou perante vós o meu desejo?)


Lentas as vagas de quem não dorme
Que à noite vos trago em lento murmúrio.
Oiçam que é bela a tristeza enorme
Dos odores que embalam este meu tugúrio,
Pois hoje vos trago a verdade informe
(Ou perante vós o meu perjúrio?)

3 Comments:

  • At 9:45 da tarde, Blogger H. Sousa said…

    Acordadíssimo, quem este poema escreveu.
    Se não soubesse, diria que fora escrito pelo Vítor.

     
  • At 3:49 da manhã, Blogger Vítor Sousa said…

    TNT, gostaria eu de escrever poesia assim. Enveredo, preferencialmente, pela prosa, mas não renunciarei ao fomento e acrisolamento da poesia. Até agora, só esquissos frustes e dispensáveis...
    O meu amigo Duarte é, já, um grande poeta. Quem sabe se, dentro de pouco, da Madeira não surgem legatários dos imortais paladinos da Língua Portuguesa...
    Ricardo, obrigado pela recordação. Agradeço por mim e pelo Duarte, o qual merece maior visibilidade.

     
  • At 7:11 da tarde, Blogger Duarte Temtem said…

    Caro Ricardo

    Agradeço, desde já, as palavras elogiosas assim como a divulgação.

    Só o faço tão tardiamente pois só agora tomei conhecimento!

    Um abraço

     

Enviar um comentário

<< Home