Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

sexta-feira, maio 26, 2006

851. Mudanças nas Farmácias




As medidas anunciadas hoje pelo Primeiro Ministro vão no sentido de liberalizar o funcionamento das farmácias. É surpreendente que o antigo modelo de gestão tenha durado tanto tempo. A Ordem dos Farmacêuticos avisa que há o perigo de "concentrações económicas nefastas" e quando as corporações ficam alarmadas é sinal que o alarme é da categoria dos alertas laranjas que o Presidente Bush adora. Já o PSD classificou as medidas como "francamente positivas" o que indica que o congresso do PSD foi, como já defendi,bem mais clarificador do que se julgava à primeira vista. Há uma semana duvido que o discurso de Marques Mendes fosse este.

Quanto às medidas anunciadas não encontro, à primeira vista, motivo para crítica da minha parte. O balanço final destes anúncios será a análise do preço ao público dos medicamentos e a "factura" do Estado no fim do ano e só aí é que vamos poder analisar a eficácia destas e doutras medidas anunciadas mas que, assim como noutros anúncios com já algum tempo, ainda não estão implementadas.

3 Comments:

  • At 11:48 da tarde, Blogger Mário de Sá Peliteiro said…

    Não há liberalização da propriedade sem aumentar em muito o número de Farmácias. Ingénuo.

     
  • At 9:41 da tarde, Blogger H. Sousa said…

    Eu já não embarco nas primeiras notícias, por vezes parecem ser bem intencionadas mas logo a seguir se vem a descobrir o verdadeiro objectivo: negócios.

     
  • At 10:07 da tarde, Blogger Ricardo said…

    Henrique,

    É sempre um prazer a tua visita!

    Como disse no texto o balnço só pode ser feito mais tarde e depende da regulamentação das medidas e da sua execução. No estrito campo teórico estou a favor das medidas!

    Abraço,

     

Enviar um comentário

<< Home