Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

sexta-feira, outubro 06, 2006

916. Em DVD (séries de tv): V - The Mini Series; V - The Final Battle







Estar a rever uma série da “infância” tem sempre o risco associado de estar a matar uma memória. E não há nada mais importante do que as míticas memórias de infância...

Quantos, entre nós, já ficaram desiludidos ao rever o MacGyver, o A-Team ou o Knight Rider? O nosso imaginário prega-nos partidas e o que um dia foi por nós endeusado e guardado na nossa memória dourada é hoje um produto banal da época em que foi transmitido. Mas, felizmente, há excepções e este V – The Mini Series e V – The Final Battle sobrevive à erosão do tempo com dignidade. Os efeitos especiais estão datados, as personagens têm pouca densidade e o enredo é simplista mas, mesmo assim, é um produto que não envergonha.

V conta a história do primeiro contacto dos terrestres com seres de outros planetas – os Visitantes. Os nossos “amigos” alienígenas prometem o céu e a terra mas, por baixo da superfície, escondem-se répteis sedentos pelos recursos do planeta e, tal como nazis inter planetários, subjugam os habitantes da Terra a uma nova era de fascismo. Os humanos, claro, formam uma resistência feroz aos répteis e embarcam numa luta épica pela liberdade. Querem melhor? ;)

Technorati Tags: ,

Etiquetas: ,

3 Comments:

  • At 6:50 da tarde, Blogger Nuno Guronsan said…

    A última desilusão desse género pela qual passei foi a "Battlestar Galactica". Vi o primeiro episódio e decidi não ver mais algum, pois, como tu dizes, há "sempre o risco associado de estar a matar uma memória". E assim decidi não ver mais nenhum episódio da mesma...

    O V tenho uma certa curiosidade em rever. Ainda bem que o meu aniversário está quase aí... ;)

    Um abraço, Ricardo.

     
  • At 2:28 da tarde, Blogger Barão da Tróia II said…

    Acontece muitas vezes, especialmente quando nos pomos a ver essas séries e esquecemos de tirar a sisudez de adulto. Boa semana.

     
  • At 4:02 da manhã, Blogger O Raio said…

    Lembro-me muito bem desta série. Era mesmo uma das minhas séries favoritas.
    Mesmo correndo o risco de matar a memória foi adquiri-la.

     

Enviar um comentário

<< Home