Filho do 25 de Abril

A montanha pariu um rato - A coerência colocada à prova - A execução de Saddam Hussein - O Nosso Fado - "Dois perigos ameaçam incessantemente o mundo: a desordem e a ordem" Paul Valéry, "Quando eu nasci, as frases que hão-de salvar a humanidade já estavam todas escritas, só faltava uma coisa, salvar a humanidade", Almada Negreiros - "A mim já não me resta a menor esperança... tudo se move ao compasso do que encerra a pança...", Frida Kahlo

quinta-feira, dezembro 29, 2005

683. Revisão do ano de 2005 neste blogue




Janeiro

- O ano começou com a opinião sobre um conjunto de livros que li nesta fase. Pena é que no resto do ano os meus hábitos de leitura não estiveram ao nível do que aconteceu no início do ano:

O Evangelho Segundo Jesus Cristo, de José Saramago - o livro que mais gostei de ler este ano

O Homem Duplicado, de José Saramago

Na Penúria em Paris e Londres, de George Orwell - recomendo vivamente a leitura deste livro

Como um Rio Invisível, de António Loja

- Este mês ficou marcado pela pré campanha eleitoral para as legislativas. Vou destacar este conjunto de posts que escrevi sobre o tema:

As listas (1) (2)

Governo de Gestão

O “deslize” de Louçã

Análise à Pré Campanha!

- Durante este mês fiz um exercício teórico com o objectivo de analisar se as nossas políticas, fora da UE e neste contexto, deveriam ser muito diferentes.

Portugal e a União Europeia (1) (2) (3)

2 Comments:

  • At 2:15 da tarde, Blogger Laranja com Canela said…

    Olá,
    bem eu tenho que andar sempre a ler um livro. Foi um hábito que adquiri. Aquilo que neste momento me começo a confrontar é que compro mais livros do que aqueles que na realidade consigo ler. Problemas de impulsividade consumista, é o que é ...;)Bom Ano e Boas Leituras.

     
  • At 2:41 da tarde, Blogger Armando S. Sousa said…

    Têm piada.
    Acho que o primeiro comentário que fiz no teu blogue foi exactamente no post do Evangelho.
    Passo para te desejar um excelente final de ano e para desejar que 2006 seja o ano de todas as tuas realizações pessoais, desejo este, extensível a todos os teus.
    Feliz Ano Novo.
    Um grande abraço.

     

Enviar um comentário

<< Home